A beleza de saber quem você é

Esse texto é um convite, peregrina. Não apenas meu para você, mas do nosso Pai ao seu coração. Um chamamento para que você olhe para si e reconheça quem é. Não com base em seu passado, nem nos pecados que cometeu. Não com base naquilo que você faz, na profissão que você exerce. Não com base nos rótulos que o mundo pregou em você ao longo de sua vida, seja ela curta ou longa. Mas tendo base, exclusivamente, naquilo que Deus diz que você é.

Quando não nos conhecemos, se perder é fácil. Vamos reunindo as mentiras que dizem sobre nós, os julgamentos, as maldições, os rótulos, os padrões, as comparações, e abraçando-as. Elas nos cegam e impedem que reconheçamos a verdade: fomos criadas e somos amadas por um Deus bom. Como filhas, amigas e representantes do Senhor na Terra, nada pode nos parar.

Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa,

povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele

que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. 1 Pedro 2:9

Querida, você provavelmente já se percebeu confusa um dia, tentando entender quem realmente era e qual o seu papel no mundo. Sei também que isso gera uma grande angústia em nossos corações, afinal, é uma grande responsabilidade, amar, servir e cumprir as vocações com que Deus nos presenteia. Em tantos momentos da vida podemos nos sentir sozinhas, perdidas e até impostoras. Podemos achar que não merecemos a graça e o favor que o Pai nos dá diariamente, não apenas com sopro de vida, mas com energia e talentos.

E essa é a beleza de saber quem você é e manter a verdade na memória. Por mais que nosso coração se abata e inquiete, somos capazes de relembrar e sermos confrontadas pela nossa real identidade. A nossa vida não é mais sobre nós, aquilo que desejamos e ambicionamos, mas sobre o que um Pai misericordioso nos conduz. Tudo em nós deverá refletir a luz Dele.

Você não precisa escolher uma caixinha para se amoldar aos padrões deste mundo. Você não precisa cumprir as expectativas de homens para ser amada. Você não precisa viver aquilo que não acredita. Porque conhecendo a si e ao seu Pai, será revestida de força e confiança. Ao longo dos próximos dias, leremos devocionais sobre liberdade, padrões, serviço, transformação, filiação e muito mais. Todos eles serão convites a você para se autoconhecer e amar. Será um desafio, entretanto confiamos que Deus trará revelações à sua mente.

E, para exercitar, proponho que, ao lado da sua cama ou em um espelho, você coloque um bilhete escrito: Eu sou quem Deus diz que eu sou. Medite nisso diariamente e encontre a verdade!

Vejam como é grande o amor que o Pai nos concedeu:

sermos chamados filhos de Deus, o que de fato somos!

Por isso o mundo não nos conhece, porque não o conheceu.

Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou

o que havemos de ser, mas sabemos que, quando ele se manifestar,

seremos semelhantes a ele, pois o veremos como ele é.

Todo aquele que nele tem esta esperança purifica-se

a si mesmo, assim como ele é puro. 1 João 3:1-3

Por Mariah



867 visualizações

© GAROTAS PEREGRINAS since 2018

Designed by Mariana Baroni

  • Preto Ícone Spotify
  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon