A mulher virtuosa também no trabalho e nos estudos



Quando falamos sobre feminilidade, alguns temas surgem naturalmente, como relacionamento, autoestima e identidade. Mas diversas vezes nos esquecemos de que, fora das igrejas e de casa, a maioria de nós está conectada a uma escola, universidade ou empresa. Conversamos sobre o papel da mulher nas igrejas e a maternidade, até debatemos a decisão de viver no lar, mas esquecemo-nos de que muitas de nós desejam ter uma carreira, quem sabe conciliar as funções, cursar uma faculdade, um mestrado, uma especialização, etc.


Em pleno século XXI, com a mulher tão inserida no mercado de trabalho, é difícil perceber que estamos ignorando isso. Acredito plenamente que a modernidade trouxe uma confusão de papéis, mas também acredito que, enquanto umas de nós foram chamadas para o lar e a família, outras foram chamadas também a cumprir, com seus trabalhos, uma vocação. E nenhuma realidade é superior à outra.


Antes de prosseguir, faço uma pausa para apontar que, tantas vezes, achamos que trabalhar para o reino envolve apenas o que é ligado diretamente à obra dentro das igrejas, porém, todo o trabalho e estudo devem honrar a Deus. Se escolhemos esses caminhos, que eles sejam tão santificados quanto os demais. Como fazer isso? Realizando nossas funções diárias, trabalhando e estudando com ética e dedicação, promovendo valores ensinados por Jesus e compartilhando o amor Dele com quem está ao nosso redor. “Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens.” Colossenses 3:23


E quando falamos sobre o trabalho feminino, entramos em discussões polêmicas. Certa vez li uma influenciadora - que não recordo o nome - mencionando que a escolha pelo lar nunca a impediu de estudar, se qualificar e realizar seus sonhos na universidade e no mercado antes de assumir o que já estava em seu coração e ficar em casa integralmente. No caso dela, a formação acadêmica até a preparou para seu chamado na igreja e para a educação dos futuros filhos. É isso que devemos ter em mente. O nosso crescimento também deve glorificar ao Senhor, como obra da sua bondade. Nele, os sonhos tornam-se reais.


A vida seguindo a Cristo é muito diferente de uma vida estagnada, e esperar no Senhor está longe de significar permanecer parado enquanto os dias correm. Da mesma forma que a solteirice deve ser tempo de viver outras áreas, enquanto não é chegada a hora de assumir um lar, ter filhos e ouvir o que Deus reservou para você como esposa e mãe, ouça o que ele tem a dizer sobre a filha, a estudante e a trabalhadora. É claro, sendo cuidadosa para que as suas ambições mundanas não a impeçam de estar atenta à voz do Senhor.  


Quando vamos à esposa de caráter de Provérbios 31, descobrimos uma mulher exemplar não apenas ao assumir seus deveres dentro e fora do lar, mas também sendo alguém que pensa e vê a vida de forma diferente.


“Ela faz vestes de linho e as vende, e fornece cintos aos comerciantes”. Reveste-se de força e dignidade; sorri diante do futuro. Fala com sabedoria e ensina com amor. Cuida dos negócios de sua casa e não dá lugar à preguiça.” - Provérbios 31:24-27.

A verdade é que a mulher que alegra o coração do Senhor, é aquela disposta a cumprir a vontade Dele, seja em casa, no trabalho, nos estudos, viajando pelo mundo ou servindo na igreja local. Muito antes de discutirmos se as mulheres devem ou não ficar somente em casa ou o tempo correto delas para a maternidade, devemos saber o que o Senhor levou ao coração delas. Ele tem uma verdade perfeita sobre cada uma de nós e ela deve ser o nosso guia.


Querida, se o Pai te chama para largar o emprego e estar integralmente no lar, glória seja dada a Ele! Mas se Ele te chamou para trabalhar fora de casa, estando ou não em cargos ligados à igreja, amém por isso também! Não dê lugar à comparação ou ao medo e confie nos planos do Senhor. Da mesma forma, oro para que sua família e marido estejam alinhados com o propósito colocado em seu coração. E sei que Ele fará grandes coisas através da sua vocação.


Ser uma mulher virtuosa é algo totalmente ligado aos valores, a alguém que ouve Deus e o coloca em todas as suas atividades e pensamentos. É se preparar para a volta Dele e ajudar a todos a quem ama nesse mesmo caminho. É confiar e crescer, amadurecer em Cristo e ter uma consciência de filha inabalável. Ser uma mulher virtuosa é seguir os passos de Jesus e tentar ser como ele todos os dias, em todos os ambientes que têm sua presença. Para que Ele seja louvado!


Por Mariah Costa

913 visualizações1 comentário

© GAROTAS PEREGRINAS since 2018

Designed by Mariana Baroni

  • Preto Ícone Spotify
  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon