Alma e Asas



A alma quis descansar, Suas asas a fizeram repousar

Suas asas, sombra quiseram dar, a alma, debaixo delas, quieta está

A alma, ao Te abraçar, junto das asas se pôs a cantar

Suas asas queriam acalentar, a alma chorou sem cessar


O repouso da alma trouxe descanso às asas

A quietude das asas, tornaram a alma Sua sombra

O canto da alma fizeram Suas asas a abraçar

As asas que batem sem cessar, querem o choro da alma secar.


Por Áquila Basílio

637 visualizações1 comentário

© GAROTAS PEREGRINAS since 2018

Designed by Mariana Baroni

  • Preto Ícone Spotify
  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon