Assumindo minha humanidade

Atualizado: 5 de Set de 2018



"Digory fechou a boca e apertou os lábios. Seu mal-estar aumentava. Tinha a esperança de que, acontecesse o que acontecesse, não choramingaria, nem faria nada ridículo.


- Filho de Adão, está disposto a desfazer o mal que fez ao meu manso país de Nárnia no dia de seu próprio nascimento?

- Só não sei o que posso fazer. Como o senhor sabe, a rainha fugiu e...

- Perguntei se está disposto? Disse o Leão.

- Estou.


Passara-lhe um segundo pela cabeça a tentação boba de responder: “Estou disposto se o senhor prometer-me ajudar minha mãe”. Mas percebeu a tempo que o Leão não era criatura com a qual se podia fazer barganhas. Porém, quando disse “Estou”, pensou na mãe, nas grandes esperanças que tivera e em como agora elas estavam para morrer. Sentiu um nó na garganta e lágrimas nos olhos. Deixou escapar, no entanto:


- Mas, por favor, por favor... o senhor não podia me dar qualquer coisa que salvasse minha mãe?

Até aquele instante, só olhara para a pata do leão; agora, com o desespero, olho-o nos olhos. O que viu o surpreendeu mais do que qualquer outra coisa. Pois a face do leão estava inclinada perto de seu próprio rosto e (maravilha das maravilhas) grandes lágrimas brilharam nos olhos do Leão. Eram lágrimas tão grandes e tão brilhantes, comparadas as de Digory, que por um instante sentiu que o Leão sofria por sua mãe mais do que ele próprio.


- Meu filho, meu filho, eu sei. A dor é grande. Só você e eu nesta terra sabemos disso.


As crônicas de nárnia: o sobrinho do mago"


Há momentos em que passamos momentos difíceis e nos sentimos sozinhas e, muitas vezes, parece que Deus esta no completo silêncio ou que não estamos sendo vistas pelo Senhor. Mas estou aqui para te lembrar que não é verdade. Como um pai, Ele toma parte das suas dores. O porquê de você estar passando por determinada situação, eu não sei, mas também estou aqui para te dizer que está tudo bem você se sentir triste às vezes, chorar ou sentir o luto, por exemplo. Como nós sabemos Jesus era 100% humano e 100% Deus e há momentos na Bíblia que demonstra a sua humanidade, aqui três desses momentos:


· Lc: 7:12-15: Logo depois, Jesus foi a uma cidade chamada Naim, e com ele iam os seus discípulos e uma grande multidão. Ao se aproximar da porta da cidade, estava saindo o enterro do filho único da viúva; e uma grande multidão da cidade estava com ela. Ao vê-la, o Senhor se compadeceu dela e disse: Não chore. Depois, aproximou-se e tocou no caixão, e os que carregavam pararam. Jesus disse: Jovem, eu lhe digo, levante-se! Ele se levantou, sentou-se e começou a conversar, e Jesus o entregou à sua mãe.


· Jo 11:33-44: Ao ver chorando Maria e os judeus que a acompanhavam, Jesus agitou-se no espírito e perturbou-se: “onde o colocaram? ”, perguntou ele. “Vêm e vê, Senhor”, responderam eles. Jesus chorou. Então os judeus disseram: “Vejam como ele o amava! ”, mas alguns deles disseram: “Ele, que abriu os olhos do cego, não poderia ter impedido que este homem morresse? ”. Jesus outra vez, profundamente comovido, foi até o sepulcro. Era uma gruta com uma pedra colocada a entrada. “Tirem a pedra ”, disse. [...] Depois de dizer isto Jesus disse: “Lázaro venha para fora” . O morto saiu, com as mãos e os pés envolvidos em faixas de linho, e o rosto envolto num pano. Disse-lhes Jesus: “Tirem as faixas dele e deixem-no ir.”

· Mt 26:36-38: Então Jesus foi com seus discípulos para um lugar chamado Getsêmani e disse-lhes: Sentem-se aqui enquanto vou ali orar. Levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se. Disse-lhes então: “A minha alma está profundamente triste, numa tristeza mortal. Fiquem aqui e vigiem comigo.”


Podemos passar por nossos momentos de tristezas sem sentir culpa, Deus compreende nossos sentimentos, por isso nós podemos ser honestas com nós mesmas e com Ele, isso não quer dizer que deixamos de acreditar Nele, pelo contrário, isso diz respeito a nossa humanidade e que, mesmo assim, escolhemos continuar nos entregando a Ele. Por isso, mesmo que às vezes as palavras lhe faltem nas orações, e só existam lágrimas, não tem problema, porque nosso Pai consegue ler cada uma delas. Além disso, você tem alguém com você nessa jornada: o consolador. Deus nos deixou o Espírito Santo, e ele intercede por nós com gemidos inexprimíveis.

Ser cristã ou ser uma pessoa boa, não nos isenta de que coisas ruins aconteçam. O plano maior não se limita a essa vida, eis que o plano é: salvação e a promessa de vida eterna.


Lembre-se que suas dores não definem que você é, você precisa passar por elas e não permanecer nelas, elas são uma estação e não uma moradia.

Acredito que mesmo sendo sinceras com nós mesmas e com Deus a respeito dos nossos sentimentos, nós devemos continuar orando, adorando e agradecendo. Isso mesmo, você não leu errado, agradecendo. Pelo que você pode ser grata? A Bíblia nos diz que do coração procedem todas as fontes da vida. Quando escolhemos reclamar ou olhar as circunstâncias com olhos negativos, damos lugar à incredulidade no nosso coração, porém, quando escolhemos agradecer, levamos a nossa fé para um outro nível.


Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela orações e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. (Fp:4:6).


Ser Cristã não é uma romantização de: ‘estou sempre feliz’. Terão desertos escaldantes sim, porém ser cristã é uma resposta ao amor de Jesus na cruz, eu o amo porque ele me amou primeiro. Jesus se fez carne, Ele compreende o que passamos e tudo bem assumirmos nossa humanidade. Conseguiremos permanecer porque a graça de Deus nos faz forte quando estamos sem forças.


Por Carolina Carvalho

495 visualizações2 comentários

© GAROTAS PEREGRINAS since 2018

Designed by Mariana Baroni

  • Preto Ícone Spotify
  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon