Chamado e profissão



Muitas de nós, quando pensamos em chamado, começamos a nos perguntar: "O que eu devo fazer?", "Qual a minha vocação?", “Será que meu chamado é cantar ou pregar?”, “Devo ser missionária ou tia na escola bíblica?”, “Como vou seguir uma carreira profissional e ainda cumprir meu chamado?”.


Essa angústia aumentou ainda mais devido à da agitação dos tempos modernos. A cada dia, o mercado – na igreja e no trabalho - exige de nós muito mais especialização naquilo que fazemos. Corremos desesperadas de um lado para outro, buscando saber o que devemos fazer.


No meio de tantos questionamentos, frustramo-nos e nos tornamos inativas no Reino porque não descobrimos o que devemos fazer. Assim, conhecer nosso propósito e saber quem somos se torna imprescindível.


A grande questão é que, na verdade, não fomos chamadas para fazermos algo. Fomos chamadas para sermos. Fomos chamadas para sermos SANTAS.


“[...] à Igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus e convocados para serem santos, juntamente com todos os que, em toda parte, invocam o Nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso [...]” - 1 Co 1. 2

Ora, o que isso tem a ver com chamado e profissão?


TUDO!


Pois, os santos são chamados para revelar a identidade quem Deus é.


Precisamos ter a certeza de que fomos chamadas n’Ele e caminhar sob essa convicção. A chamada de 1 Coríntios é comum ao corpo de Cristo. Todos foram chamados à santidade e capacitados especificamente para manifestarmos essa santidade. A chamada é comum, a capacitação específica.


“Há um só corpo e um só Espírito, da mesma forma que a esperança para a qual fostes chamados é uma só;[...]” - Ef. 4.4

Ainda no desespero de descobrirmos nosso chamado, separamos nossa vida em secular e espiritual e desvalorizamos o lugar no qual Deus nos colocou para servir. Chamado e profissão não andam separados. Nossa vida é uma só... Nossa vida é Ele.


Sua carreira profissional é uma extensão do seu chamado n’Ele. É um campo. Um solo fértil.


O propósito de nosso chamado é que, como corpo de Cristo, cheguemos a unidade da fé e ao pleno conhecimento de Jesus e à sua plenitude (Ef. 4.13).


Nosso chamado é para santidade, todo o resto são meios que encontramos para exercer o chamado superior: amá-lo.


Se você já tem uma carreira, faça desse lugar um lugar de culto a Ele; se você ainda está no processo de descobrir sua profissão, pergunte a Ele: “Pai, onde posso exercer minha chamada à santidade, para louvor da Sua glória?”.


Por Isabel Rodrigues

1,523 visualizações

© GAROTAS PEREGRINAS since 2018

Designed by Mariana Baroni

  • Preto Ícone Spotify
  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon