Dia 10: Eu não estou sozinha

O que te vem à memória quando você ouve que Deus é conosco? Muitas pessoas pensam em uma experiência profunda que tiveram com Deus, outras se lembram de uma situação vivida tão inusitada que só poderia ser obra Dele. Cada um tem uma memória que remete àquele momento específico, um momento de plena certeza que Deus estava ali bem ao lado. Mas, para além dessa experiência vivida, quero chamar sua atenção para uma coisa. Deus é conosco.


Quando eu afirmo que Ele é, me refiro ao caráter dele. É o mesmo que dizer que Deus é pai, é bom, é amor, etc. Portanto, Ele é com você! O Senhor tem tanto prazer em nossa presença que Ele não está conosco agora e, logo em seguida, “vai ali rapidinho cuidar do mundo”. Mas Ele é ao nosso lado e não nos abandona.

“Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade,

nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar

do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.” Romanos 8:38-39 Nessa passagem, o escritor aos Romanos usa todos os tipos de medidas para nos explicar que não há distância que nos separe de Deus. Deus nos cerca por todos os lados, portanto, não estamos sozinhos! Acredito que, mesmo que saibamos disso, há dias em que nos sentimos sozinhas. Por isso, quero que você se lembre de que Ele é com você e que revela sua presença de várias formas, mas quero ressaltar duas: A primeira é através de pessoas. Quando Jesus estava em terra cumprindo sua missão, ele disse à multidão quando o perguntaram sobre sua família:

“E estendendo a mão para os discípulos, disse: ‘Aqui estão

minha mãe e meus irmãos!’” Mateus 12:49 Nesse versículo, Jesus aponta para aqueles que andavam com ele constantemente e os tem como a verdadeira família. Por isso, é importante que nos cerquemos daqueles que andarão conosco rumo ao Pai todos os dias, porque quando estamos com eles, não estamos a sós. Aquele que tem família não anda sozinho e entende o caminho que deve seguir. Ele também disse que “onde estiverem dois ou mais reunidos em meu nome, ali estarei” (Mt. 18:20). Deus tem tanto prazer na comunhão que, além de se fazer presente quando estamos (re)unidos, Ele enviou seu espírito para que permanecêssemos constantemente juntos dele.

Sabendo disso, a segunda maneira que Deus revela sua presença é através do Espírito Santo. Quando Jesus ressuscitou e subiu aos céus, ele enviou o consolador, o qual está conosco até que Jesus volte. O Espírito Santo é o próprio Deus e é a forma mais pura de nos deleitarmos na presença dele, uma presença que não é passageira. Não é apenas um fogo que queima, mas é também brisa suave que traz paz e segurança.


É algo constante e transformador. É uma certeza de que estamos seguros e que o amor Dele nos cerca. Sei que muitas coisas da vida fazem nos sentirmos sozinhas, mas nunca perca de vista Aquele que morreu para que habitássemos em sua presença. Jesus foi crucificado para termos comunhão com o Pai e, por causa desse grande amor, nunca estamos a sós.


Quero ressaltar que ele tem prazer na comunhão e que se agrada quando andamos em família rumo a Ele. Mas, se o seu sentimento de solidão for constante, nunca busque preenche-lo apenas com pessoas, pois isso pode virar uma dependência emocional (mas isso é assunto para outro texto rs).

Todas as vezes em que aquela sensação de solidão aparecer, lembre-se de que nada pode te separar do amor Dele e que há um lugar que pode ser acessado através da oração. Por isso, ore e peça que Espírito de Deus te cerque com sua presença, que é doce e supre todas as necessidades do nosso coração. Ele é com você e isso nunca muda.


Por Isabela Narente

535 visualizações1 comentário

© GAROTAS PEREGRINAS since 2018

Designed by Mariana Baroni

  • Preto Ícone Spotify
  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon