O PODER DA ORAÇÃO



Então Jesus foi com seus discípulos para um lugar chamado Getsêmani e lhes disse: ‘Sentem-se aqui enquanto vou ali orar’” Mt. 26.36


Esse trecho de Mateus 26 narra um dos momentos mais angustiantes da vida de Jesus na terra. Os momentos que antecederiam o seu sofrimento até a cruz. Jesus estava para concretizar em sua vida o propósito para o qual Ele havia vindo a terra, mas essa concretização não viria sem dor. Jesus, portanto, como lhe era de costume, foi orar.


A oração é uma prática que deve fazer parte da rotina diária de um Cristão e todas nós sabemos disso. Mas, ainda assim, é algo que muitas de nós temos grande dificuldade de executar diariamente.


Orar nada mais é do que falar com Deus, nosso Pai. Esse é o caminho para a comunhão e o desenvolvimento de um relacionamento profundo e de intimidade com nosso Pai. Contudo, diariamente, nossas mentes são bombardeadas e a todo instante somos distraídas e nosso foco é tirado de Jesus.


Enquanto temos nossos olhos roubados do Pai, passamos por tantas situações a respeito das quais perguntamos “Por que estou passando por isso?”, “Como vou vencer essa questão?”. A resposta para essas e todas as outras perguntas estão em apenas um lugar: na oração. É nesse lugar, no lugar secreto, que encontramos a Deus, o único capaz de responder, em todo Seu amor, a todas as nossas questões.


Para nossa carne, orar não é prazeroso. Ela luta contra tudo aquilo que lembra a Deus e, por isso, para vencermos essa luta – que é diária – precisamos levar a nossa carne a um caminho de morte. Precisamos ordenar vida ao nosso Espírito. E qual a trilha que nos leva a esse caminho? A oração.


Em seu livro “Deus se move através da oração”, Dra. Neuza Itioka escreveu “A ressurreição só vem depois da experiência da morte. Essa é a lei natural do Reino de Deus – para ressurgir, a vida passa pela morte.”. Isso nos permite entender que a oração permite que a vida de Deus habite dentro de nós, fortalecendo-nos e capacitando-nos para vivermos segundo o propósito para o qual fomos designadas.


A oração é o caminho de morte que nos leva à vida, à vida em Cristo. Jesus, no Getsêmani, em toda sua angústia, buscou no Pai, por meio da oração, a força para cumprir em obediência o Seu chamado em direção à cruz. A oração, portanto, nos fortalece para cumprirmos nosso propósito e é o lugar onde buscamos a vontade do Pai.


O próprio Cristo nos fez o convite: “[...]tome a sua cruz, e siga-me.” (Mt. 16.24). Ele, até a cruz, trilhou um caminho de morte. Esse caminho, todavia, nos possibilitou a vida eterna que é conhecer a Deus, o único verdadeiro e ao próprio Cristo (Jo 17.3).


Os evangelhos nos mostram Jesus, a todo instante, retirando-se para orar ao Pai. Precisamos entender que a vida eterna em nós – conhecer a DEUS – nasce quando conformamos o nosso eu com a morte de Cristo.

Aprenda a desfrutar desse lugar. Um lugar para dois. Você e o Pai!


Por Isabel Rodrigues

556 visualizações

© GAROTAS PEREGRINAS since 2018

Designed by Mariana Baroni

  • Preto Ícone Spotify
  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon