Vamos falar de Pedro


Talvez, você nunca tenha ouvido falar dele. Pode ser que você até saiba que ele existiu, mas não tem ideia de como foi a vida dele. E se você sabe de quem estou falando, com certeza, serve para você também! Bom, afinal, vamos entender quem foi esse tal de Pedro. Não tenho dúvidas de que cada um tem suas dificuldades e todas têm a sua devida importância. Não há motivo para o menosprezo, não é “palhaçada”. Se dói em você, logo importa!


No entanto, é interessante perceber como cada pessoa lida de um jeito com os problemas. Tem gente que entra em desespero, visto que olha para o cenário e não enxerga a saída porque não consegue focar em achá-la. Tem gente que resolve enfrentá-los, mas tem os que preferem afastar-se. Independentemente de como você lida, é preciso tratar da dor, não deixe que ela paralise o seu agir. Sei que tem vezes em que é bem mais difícil ter atitude, levantar e fazer diferente, mas eu nunca disse que era preciso conseguir sozinho. Amigos não são amigos atoa, compartilhe com eles. Há profissionais também, mas acima de tudo, há Deus!


Ok, mas o que isso tem haver com Pedro?

Resumindo bem a história, Pedro, discípulo de Jesus, estava em um barco, de noite, no meio de uma forte tempestade. Havia outros discípulos com ele. De repente, Jesus apareceu andando sobre as águas e todos com medo achavam ser um fantasma, mas Ele disse para terem coragem, pois era Ele, Jesus! Pedro o reconheceu e Jesus o chamou para ir ao seu encontro. Assim como Jesus, ele andou sobre as águas, porém quando começou a prestar atenção no vento, no mar revolto, em tudo que acontecia, começou a afundar, mas Jesus o segurou.


Sobre essa história, Pedro não teve fé suficiente para andar o caminho todo, mas ele andou! Além disso, Jesus sempre esteve com ele, independentemente de quantos passos ele conseguiu dar, não afundou. O que quero dizer é que diante das suas dificuldades, você precisa tentar dar o primeiro passo, olhar para o objetivo final. Busque algo que traz sentido de verdade à sua vida. Deus nunca nos abandona, Ele não é inconstante como a gente, Ele vai sempre te estender a mão para você não afundar.

“Toda dor é por enquanto.”



Por Rebeca Braga

457 visualizações

© GAROTAS PEREGRINAS since 2018

Designed by Mariana Baroni

  • Preto Ícone Spotify
  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon